Santa Maria, Mãe de Deus | Solenidade
Antífona de Entrada
Salmo Responsorial
Aclamação ao Evangelho
Apresentação dos Dons
Antífona de Comunhão
Ósculação
Antífona de Entrada

"Salvé, Santa Mãe, que destes à luz o Rei do céu e da terra."
(Sedúlio)

"Hoje sobre nós resplandece uma luz: nasceu o Senhor.
O seu nome será admirável, Deus forte, Pai da eternidade,
Príncipe da paz. E o seu reino não terá fim."
(cf. Is 9, 2.6; Lc 1,33)

• Hoje sobre nós resplandece uma luz – M. Faria (CEC I, p. 48-49 | IC, p. 137 | NRMS, 4 - I)
• Nós Vos saudamos, ó Mãe Santa – F. Santos (BML, 24 | NCT, 64)
• Nós Vos saudamos, ó Mãe Santa – J. Geada
• Nós Vos saudamos, Rainha dos Céus – V. Pereira (ELC, p. 9-11)
• Salve, ó Virgem Maria – C. Silva (NCT, 316 | OC, p. 227)
• Salve, Santa Mãe – M. Carneiro (GD, p. 114-117)
• Salvé, Santa Mãe – M. Geada
• Salve, Santa Mãe de Deus – J. Santos (IC, p. 636 | NRMS, 45)

[Outras Sugestões]

• Alegrai-Vos, ó Virgem Maria – J. Geada
• Alegrai-Vos, ó Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 510-511)
• Os pastores partiram – F. Santos (LHC II, p. 228)
• Os pastores partiram – F. Santos (CP I, p. 141)
• Os pastores vieram – F. Santos (BML, 54 | CEC I, p. 69-70 | NCT, 63)
• Os pastores vieram – N. Gomes (OCL)
• Os pastores vieram – S. Pinto (Organum)
• Vieram a toda a pressa – M. Carneiro (GD, p. 106-109)
Leitura I

Num 6, 22-27 
«Invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel e Eu os abençoarei» 

Recitada sobre o povo, que se havia reunido para o sacrifício da manhã, esta bênção sacerdotal é um augúrio de paz para os filhos de Israel. Esta «paz», que em si concentra todos os bens, é um dom de Deus. Invadiu o mundo com o Nascimento de Jesus, pois o Salvador, realizando em Si as promessas divinas de salvação, reconciliou-nos com o Pai e estabeleceu relações fraternais entre os homens. Mas esta Paz, que se fundamenta na Paternidade divina, é também uma conquista do homem. Na verdade, a paz, antes de ser uma realidade externa, é uma disposição interior. «Se antes não se travassem guerras em milhões de corações, também se não travariam no campo de batalha». Cada um de nós deve ser, pois, construtor da paz verdadeira. 

Leitura do Livro dos Números 
O Senhor disse a Moisés: «Fala a Aarão e aos seus filhos e diz-lhes: Assim abençoareis os filhos de Israel, dizendo: ‘O Senhor te abençoe e te proteja. O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e te seja favorável. O Senhor volte para ti os seus olhos e te conceda a paz’. Assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel e Eu os abençoarei». 
Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial

Salmo 66 (67), 2-3.5.6 e 8 (R. 2a) 

Deus Se compadeça de nós 
e nos dê a sua bênção. 

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, 
resplandeça sobre nós a luz do seu rosto. 
Na terra se conhecerão os seus caminhos 
e entre os povos a sua salvação.  

Alegrem-se e exultem as nações, 
porque julgais os povos com justiça 
e governais as nações sobre a terra.  

Os povos Vos louvem, ó Deus, 
todos os povos Vos louvem. 
Deus nos dê a sua bênção 
e chegue o seu temor aos confins da terra. 
 

• Deus se compadeça de nós – M. Carneiro (GD, p. 144-145)
• Deus tenha compaixão de nós – Az. Oliveira (SRAO A, p. 30-31 | SRAO B, p. 30-31 | SRAO C, p. 30-31)
• Deus tenha compaixão de nós – F. Santos (BML, 49)
• Deus tenha compaixão de nós – M. Luís (SRML, p. 34-35)
Leitura II

Gal 4, 4-7 
«Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher» 
O Mistério da Incarnação realiza-se na plenitude dos tempos, no termo duma longa expectativa da humanidade, numa maravilhosa manifestação da benevolência divina. Em Cristo, com efeito, Deus cumula os homens de todas as bênçãos, concedendo-lhes a filiação divina e libertando-os da escravidão da lei mosaica. 
Para produzir, porém, este duplo efeito, a Encarnação realiza-se pela via normal dos homens e da lei. Cristo aceita um nascimento humano e a submissão à lei. A lei situa-O na História da Salvação, na História do Seu Povo; Maria situa-O entre os homens, Seus irmãos, que vem libertar e salvar, tornando-os, à Sua semelhança, filhos do Pai. 
Maria assume assim um papel insubstituível nesta revelação da Paternidade divina. É a Mãe de Deus, que concebe Seu Filho por obra e graça do Espírito Santo. É a Mãe da Igreja, Corpo de Cristo na terra. 

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas 
Irmãos: Quando chegou a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher e sujeito à Lei, para resgatar os que estavam sujeitos à Lei e nos tornar seus filhos adoptivos. E porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: «Abá! Pai!». Assim, já não és escravo, mas filho. E, se és filho, também és herdeiro, por graça de Deus. 
Palavra do Senhor. 

Aclamação ao Evangelho

V/
Muitas vezes e de muitos modos 
falou Deus antigamente aos nossos pais pelos Profetas. 
Nestes dias, que são os últimos, 
Deus falou-nos por seu Filho.

• Aleluia | De muitas vezes e modos – F. Santos (BML, 78 | COM, p. 135 | NCT, 70)
Apresentação dos Dons
• O Sanctissima – M. Faria, Pop. Italiano (IC, p. 677 | NRMS, 33-34)
• Ave Maria – C. Gregroriano
• Ave Maria – E. Amorim (Libellus, 6)
• Ave Maria – F. Lapa (Libellus, 4)
• Ave Maria – F. Santos (BML, 155-156 | CCM, p. 185)
• Ave Maria – F. Santos (BML, 63 | CCM, p. 187)
• Ave Maria – J. Domínguez
• Ave Maria – M. S. Santos (CCM, p. 189 | RAM, 1)
• Ave Maria – S. Pinto (OCL)
• Ave Maria – M. Faria (CJ-NS)
• Ave Maria – E. Amorim (CCM, p. 181)
• Ave Maria – A. Geada Pinto (NRMS, 118)
• Ave Maria – J. Santos (Libellus, 4)
• Ave Maria – J. A. Nunes (OCL)
• Ave Maria – T. Sousa
• Ave Maria – M. Silva (CN, 225 | CLS-2ed, p.107)
• Avé Maria – P. Bernardino
• Ditosa virgem – João Santos (Libellus, 6)
• Louvada seja na terra – F. Santos (BML, 75-76 | ENPL, XLIII | IC, p. 667 | NCT, p. 619 | NRMS, 33-34)
• O Povo de Deus Te aclama – M. Carneiro (IC, p. 167 | NRMS, 33-34)
Antífona de Comunhão

(Hebr 13, 8)
"Jesus Cristo, ontem e hoje e por toda a eternidade" 

• Jesus Cristo é o mesmo – J. Geada (SDLG)
• Jesus Cristo, ontem e hoje – A. Cartageno (CEC I, p. 72-73 | ENPL, XXIII | LAU, 453)
• Jesus Cristo, ontem e hoje – M. Carneiro (GD, p. 118-121)

[Outras Sugestões]

• Bendita seja a Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 513-514 | CEC II, p. 194-195 | NCT, 348 | CN, 243)
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Geada (SDLG)
• Maria conservava – A. Mendes
• Maria guardava – D. Faustino
• Maria guardava – P. Cruz
Ósculação
• Adeste Fideles – D. João IV (CEC I, p. 65 | IC, p. 119 | NCT, 85 | NRMS, 31)
• Ah! Vinde todos à porfia [Cantava em nossas campinas] – Pop. Francesa (CEC I, p. 64 | GD, p. 158)
• Alegrem-se os Céus – Az. Oliveira (IC, 120 | NRMS, 44)
• Alegrem-se os Céus e a terra – F. Lapa (OCL)
• Alegrem-se os céus, exulte a terra – M. Luís (CAC, p. 428-429 | CN, 196)
• Anjos e pastores – F. Silva (IC, p. 121 | LHC II, p. 33 | NCT, 479 | NRMS, 31, 108)
• Anjos e pastores – F. Santos (BML, 150-151)
• Anjos e pastores – J. P. Martins (LHC II, p. 33)
• Cantem, cantem os Anjos – M. Faria (IC, p. 124-125 | NCT, 81 | NRMS, 56 | CN, 284)
• Cantemos à porfia – C. Silva, João Santos (Libellus, 2 | OC, p. 59)
• Cristo nasceu – C. Silva (CEC I, p. 63 | OC, p. 287 | CN, 322)
• Cristo Nasceu – C. Silva (LHC II, p. 197)
• Glória a Vós, Jesus Menino – J. Santos (IC, p. 134 | NRMS, 76)
• Hoje Cristo Nasceu – I. Rodrigues
• Na pobre aldeia de Belém – M. Luís (CAC, p. 107-108)
• Nasceu Jesus – F. Santos (BML, 24)
• O Primeiro Natal – D. Willcocks, Pop. Inglesa (OCL)
• Pastores que andais na serra – F. Lapa, Popular (OCL)
• Paz na terra – B. Sousa
• Quem vistes pastores? – M. Luís (BML, 44 | CAC, p. 117-118 | NCT, 82)
• Vamos a Belém beijar o menino – M. Faria, Popular (IC, p. 155 | NRMS, 4)
• Vamos a Belém beijar o menino – M. Simões (NRMS, 120)
• Vamos todos a Belém – Az. Oliveira (IC, p. 156-157 | NRMS, 15)
• Vamos todos a Belém – M. Luís (CAC, p. 130-131)
• Vêm a Belém [Still, Still, Still] – J. C. Miranda, Trad. Austríaca (OCL)
[BML] Boletim de Música Litúrgica, Serviço Diocesano de Música Litúrgica, Porto.
[CAC] Pe. Manuel Luís - Cânticos da Assembleia Cristã, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2006.
[CCM] Cânticos para a Celebração do Matrimónio – I e II, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2018.
[CEC I] Cânticos de Entrada e Comunhão, vol. 1, 3.ª ed, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2007.
[CEC II] Cânticos de Entrada e Comunhão, vol. 2, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 1999.
[CJ-NS] Manuel Faria - Cânticos da Juventude, Fascículo I - 7 Cânticos Copulares a Nossa Senhora, Braga, 1947, Edição de Autor.
[CLS-2ed] As Crianças Louvam o Senhor, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2020.
[CN] Cantoral Nacional para Liturgia, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2019..
[COM] Cânticos do Ordinário da Missa, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2016.
[CP I] Con. António Ferreira dos Santos - Canto Perene, vol. 1, Secretariado Diocesano de Liturgia, Porto, 2003.
[ELC] Vitor Pereira (arranjos de José Joaquim Ribeiro) - Esta Luz de Cristo, Cânticos para a Liturgia, Paulinas Editora.
[ENPL] Guiões dos Encontros Nacionais de Pastoral Litúrgica, Fátima.
[GD] Pe. Miguel Carneiro - Glória a Deus, Paulus Editora, Lisboa, 2006.
[IC] A Igreja Canta, 2.ª ed, Comissão Bracarense de Música Sacra, 2005.
[LAU] Laudate: Cânticos e Orações, Edição para uso interno das comunidades paroquiais sem fins lucrativos, Leiria.
[LHC II] Liturgia das Horas: Edição para Canto, vol. 2, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2003.
[Libellus] Libellus - Revista de Música Sacra, Libellus Usualis - Divulgação de Música Sacra.
[NCT] Novo Cantemos Todos, Editorial Missões, Cucujães,1990.
[NRMS] Nova Revista de Música Sacra, Comissão Bracarense de Música Sacra, Braga.
[OC] Con. Carlos da Silva - Orar Cantando, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2001.
[OCL] Pró-manuscrito , publicado pelo site O Canto na Liturgia.
[Organum] Revista do Organista, Associação de Música Sacra de Braga.
[RAM] Revista da Academia Martiniana, Coimbra.
[SDLG] Secretariado Diocesano de Liturgia da Guarda, -.
[SRAO A] Pe. António Azevedo de Oliveira - Salmos Responsoriais: Ano A, Música Sacra, Braga, 1989.
[SRAO B] Pe. António Azevedo de Oliveira - Salmos Responsoriais: Ano B, Música Sacra, Braga, 1990.
[SRAO C] Pe. António Azevedo de Oliveira - Salmos Responsoriais: Ano C, Música Sacra, Braga, 1991.
[SRML] Pe. Manuel Luís - Salmos Responsoriais e Aclamações ao Evangelho, Comissão de Liturgia e Música Sacra do Patriarcado de Lisboa, Lisboa, 1997.