Domingo III do Tempo Comum | Ano B
Antífona de Entrada
Salmo responsorial
Aclamação ao Evangelho
Apresentação dos dons
Antífona de Comunhão
Cântico Final
Domingo da Palavra de Deus
Antífona de Entrada

"Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor, terra inteira. 
Glória e poder na sua presença, esplendor e majestade no seu templo."
(Salmo 95, 1.6)

• Cantai ao Senhor um cântico novo – F. Santos (BML, 75-76 | CEC II, p. 16-17 | NCT, 210 | CN, 274)
• Cantai ao Senhor um cântico novo - II – Ar. Oliveira (IAC, p. 113)
[Outras Sugestões]
• A terra inteira cante ao Senhor – B. Salgado (IC, p. 367 | NRMS, 5)
• Caminhando Jesus – C. Silva (OC, p. 50)
• Caminhando Jesus – J. Santos (IC, p. 595 | NRMS, 66)
• Cantai a Deus um cântico novo – T. Sousa (CS-TS, p. 22)
• Cantai ao Senhor um cântico novo – Az. Oliveira (CEC II, p. 15-16 | IC, p. 402-403 | NRMS, 48)
• Junto ao Mar da Galileia – F. Santos (ENPL, XXXII)
Leitura I - Jonas 3, 1-5.10

«Os habitantes de Nínive converteram-se do seu mau caminho» 

O “Tempo Comum” retoma, em cada ano, a leitura de um dos Evangelhos chamados sinópticos: este ano, o de S. Marcos, a partir precisamente deste terceiro Domingo. Como é conhecido, no Tempo Comum a primeira leitura é normalmente escolhida em ligação com a do Evangelho. Ora, S. Marcos começa o seu Evangelho pelo grande convite de Jesus à penitência, isto é, à conversão. Daí que esta primeira leitura nos apresente igualmente a mensagem da penitência, tão claramente anunciada pelo profeta e tão exemplarmente escutada por aqueles a quem ele a dirigiu. 

Leitura da Profecia de Jonas 

A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas nos seguintes termos: «Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive e apregoa nela a mensagem que Eu te direi». Jonas levantou-se e foi a Nínive, conforme a palavra do Senhor. Nínive era uma grande cidade aos olhos de Deus; levava três dias a atravessar. Jonas entrou na cidade, caminhou durante um dia e começou a pregar, dizendo: «Daqui a quarenta dias, Nínive será destruída». Os habitantes de Nínive acreditaram em Deus, proclamaram um jejum e revestiram-se de saco, desde o maior ao mais pequeno. Quando Deus viu as suas obras e como se convertiam do seu mau caminho, desistiu do castigo com que os ameaçara e não o executou. 

Palavra do Senhor. 

Salmo responsorial

(Salmo 24 (25), 4bc-5ab.6-7bc.8-9 (R. 4a))

Ensinai-me, Senhor, os vossos caminhos.

Mostrai-me, Senhor, os vossos caminhos, 
ensinai-me as vossas veredas. 
Guiai-me na vossa verdade e ensinai-me, 
porque Vós sois Deus, meu Salvador.  

Lembrai-Vos, Senhor, das vossas misericórdias 
e das vossas graças, que são eternas. 
Lembrai-Vos de mim segundo a vossa clemência, 
por causa da vossa bondade, Senhor.  

O Senhor é bom e recto, 
ensina o caminho aos pecadores. 
Orienta os humildes na justiça 
e dá-lhes a conhecer os seus caminhos. 
__ 

• Ensinai-me, Senhor – M. Luís (SRML, p. 210-211)
• Ensinai-me, Senhor – Az. Oliveira (SRAO B, p. 110-111)
• Ensinai-me, Senhor – M. Carneiro (SRMC B, p. 86-87)
• Ensinai-me, Senhor – C. Silva (OC_2, p. 100)
• Ensinai-me, Senhor – Ar. Oliveira
Leitura II - 1 Cor 7, 29-31

«O cenário deste mundo é passageiro» 

Como já no Domingo anterior, a secção da carta apostólica que lemos como segunda leitura começa por se ocupar de casos concretos da comunidade a quem se dirige. Hoje, a propósito da atitude dos cristãos perante o casamento e o celibato consagrado, de que tratará no próximo Domingo, o Apóstolo começa por nos fazer reflectir sobre o sentido não definitivo da vida neste mundo. 

 

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios 

O que tenho a dizer-vos, irmãos, é que o tempo é breve. Doravante, os que têm esposas procedam como se as não tivessem; os que choram, como se não chorassem; os que andam alegres, como se não andassem; os que compram, como se não possuíssem; os que utilizam este mundo, como se realmente não o utilizassem. De facto, o cenário deste mundo é passageiro. 

Palavra do Senhor. 

Aclamação ao Evangelho
V/
Está próximo o reino de Deus; 
arrependei-vos e acreditai no Evangelho. Refrão 

Evangelho - Mc 1, 14-20

«Arrependei-vos e acreditai no Evangelho» 

A Boa Nova do Evangelho de Jesus Cristo traz aos homens um ideal novo e nova luz para os seus caminhos. É por este caminho novo, que a palavra do Filho de Deus lhes aponta, que os homens hão-de sair da prisão escura em que o pecado os mantém e ser conduzidos ao mundo novo a que o Senhor os quer levar. Para isso, é necessário deixar para trás muita coisa e seguir o Senhor que chama, como logo fizeram os primeiros discípulos que Jesus chamou e que logo O seguiram. 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos 

Depois de João ter sido preso, Jesus partiu para a Galileia e começou a proclamar o Evangelho de Deus, dizendo: «Cumpriu-se o tempo e está próximo o reino de Deus. Arrependei-vos e acreditai no Evangelho». Caminhando junto ao mar da Galileia, viu Simão e seu irmão André, que lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores. Disse-lhes Jesus: «Vinde comigo e farei de vós pescadores de homens». Eles deixaram logo as redes e seguiram Jesus. Um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, que estavam no barco a consertar as redes; e chamou-os. Eles deixaram logo seu pai Zebedeu no barco com os assalariados e seguiram Jesus. 

Palavra da salvação.

Apresentação dos dons
• A mão do Senhor fez prodígios – A. Teixeira (Salicus, 14)
• A vossa palavra Senhor – M. Simões (SC II | CN, 165)
• Arrependei-vos e acreditai – F. Santos (CP I, p. 285)
• Deixando as redes e o pai – F. Silva (ENPL, XXXVIII)
• Junto ao Mar da Galileia – F. Santos (ENPL, XXXII)
• Pai santo, guarda no Teu nome – M. Simões (CEC II, p. 56 | NRMS, 116)
• Senhor, congregai-nos – D. Julien (CCE, P. 88 | CPD, 485 | CN, 908)
Antífona de Comunhão

"Voltai-vos para o Senhor e sereis iluminados, o vosso rosto não será confundido."
(Salmo 33, 6)

• Aproximai-vos do Senhor – F. Santos (BML, 84)
• Aproximai-vos do Senhor – F. Santos (CEC II, p. 18-19 | ENPL, XIII | NCT, 383)
• Aproximai-vos do Senhor – F. Silva (CEC II, p. 19-20 | ENPL, XI | NCT, p. 375 | NRMS, 115)
• Voltai-vos para o Senhor – Ar. Oliveira (IAC, p. 580)
• Voltai-vos para o Senhor – F. Valente (BML, 125-126)
• Voltai-vos para o Senhor – S. Marques (IC, 348-349 | NRMS, 58)

"Eu sou a luz do mundo, diz o Senhor.
Quem Me segue não anda nas trevas, mas terá a luz da vida."
(Jo 8, 12)

• Eu sou a luz do mundo – Ar. Oliveira (IAC, p. 220)
• Eu sou a luz do mundo – J. Santos (NRMS, 115)
• Eu sou a luz do mundo – M. Carneiro (CVM, p. 128-130)
[Outras Sugestões]
• Deixando as redes e o pai – F. Silva (ENPL, XXXVIII)
• Não fostes vós que Me escolhestes – Az. Oliveira (IC, p. 481 | NRMS, 59 | CN, 638)
• Vinde comigo e farei de vós – Az. Oliveira (LHC III, p. 362)
• Vinde comigo e farei de vós pescadores – C. Silva (CPD | OC_2, p. 309)
• Vinde comigo, diz o Senhor – F. Santos (CP II, p. 104)
Pós-Comunhão
• Arrependei-vos e acreditai – F. Santos (CP I, p. 285)
• Deixando as redes e o pai – F. Silva (ENPL, XXXVIII)
• Junto ao Mar da Galileia – F. Santos (ENPL, XXXII)
• Não fostes vós que Me escolhestes – Az. Oliveira (IC, p. 481 | NRMS, 59 | CN, 638)
• Vinde comigo e farei de vós – Az. Oliveira (LHC III, p. 362)
• Vinde comigo e farei de vós pescadores – C. Silva (CPD | OC_2, p. 309)
Cântico Final
• A Palavra de Deus – M. Luís (CAC, p. 446)
• Fiz de ti a luz das nações – C. Silva (OC, p. 124)
Domingo da Palavra de Deus
A 30 de Setembro de 2019, o Papa Francisco, através o Motu Proprio Aperuit illis, instituiu o III Domingo do Tempo Comum como o Domingo da Palavra de Deus.

«(...) 2. No termo do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, pedi que se pensasse num «domingo dedicado inteiramente à Palavra de Deus, para compreender a riqueza inesgotável que provém daquele diálogo constante de Deus com o seu povo» (Carta Apostólica Misericordia et Misera, 7). A dedicação dum domingo do Ano Litúrgico particularmente à Palavra de Deus permite, antes de mais nada, fazer a Igreja reviver o gesto do Ressuscitado que abre, também para nós, o tesouro da sua Palavra, para podermos ser no mundo arautos desta riqueza inexaurível. (...)
3. Portanto estabeleço que o III Domingo do Tempo Comum seja dedicado à celebração, reflexão e divulgação da Palavra de Deus. Este Domingo da Palavra de Deus colocar-se-á, assim, num momento propício daquele período do ano em que somos convidados a reforçar os laços com os judeus e a rezar pela unidade dos cristãos. Não se trata de mera coincidência temporal: a celebração do Domingo da Palavra de Deus expressa uma valência ecuménica, porque a Sagrada Escritura indica, a quantos se colocam à sua escuta, o caminho a seguir para se chegar a uma unidade autêntica e sólida. (...)»
(Papa Francisco, Motu Proprio Aperuit illis, 30 de Setembro de 2019)


Apresentamos algumas sugestões para esta ocasião:
• A Palavra de Deus – M. Luís (CAC, p. 446)
• A Palavra de Deus é viva e eficaz – M. Simões (ENPL, XL)
• A Palavra de Deus é viva e eficaz – M. Luís (ENPL, XL)
• A Palavra do Senhor fez o céu – C. Silva (CAC, p. 327)
• A semente é a palavra de Deus – C. Silva (CEC II, p. 79-80 | OC, p. 19 )
• A vossa palavra Senhor – M. Simões (SC II | CN, 165)
• As vossas palavras, Senhor – M. Luís (SRML, p. 286-287 | LS-C, p. 181)
• As vossas palavras, Senhor – M. Carneiro (SRMC C, p. 86-87)
• As vossas palavras, Senhor – Az. Oliveira (SRAO C, p. 110-111)
• As vossas palavras, Senhor – C. Silva (OC, p. 36 | LS-C, p. 180)
• As vossas palavras, Senhor – Ar. Oliveira (SRF II, p. 10 | IAC, p. 85 | LS-C, p. 179)
• Feliz de quem ouve a palavra de Deus – Az. Oliveira (ENPL, XLI)
• Maria guardava – P. Cruz
• Maria guardava – D. Faustino
• Ouçamos a palavra – M. Faria (IC, p. 520 | NRMS, 6)
• Pela palavra do Senhor – M. Simões (IC, p. 523 | NRMS, 62)
• Proclamarei a vossa palavra – M. Luís (CPD)
• Senhor, lembrai-Vos da palavra – F. Lapa (BML, 133-134)
• Senhor, lembrai-Vos da palavra – Ar. Oliveira (IAC, p. 507)
• Senhor, Vós tendes palavras – J. A. Nunes (OCL)
• Senhor, Vós tendes palavras – M. Faria (IC, p. 314-315 | NRMS, 2 - I)
• Senhor, Vós tendes palavras – M. Luís (SRML, p. 74-75)
• Senhor, Vós tendes palavras – C. Silva (OC, p. 241)
• Senhor, Vós tendes palavras – Az. Oliveira (SRAO A, p. 74-75; p. 102-103; p. 120-21 | SRAO B, p. 48-49; p. 72-73 | SRAO C, p. 74-75)
• Senhor, Vós tendes palavras – F. Santos (BML, 45 | NCT, 154)
• Senhor, Vós tendes palavras – M. Carneiro (RBP, p. 138-139 | SRMC A, p. 60-61 | SRMC B, p. 58-69 | SRMC C, p. 60-61)
• Verbum Dei, amen! – M. D. Duarte (SF)
• Verbum Domini – T. Sousa
• Vossa palavra, Senhor – M. Carvalho (IC, p. 598 | NRMS, 6)
[BML] Boletim de Música Litúrgica, Serviço Diocesano de Música Litúrgica, Porto.
[CAC] Pe. Manuel Luís - Cânticos da Assembleia Cristã, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2006.
[CCE] Cânticos para o Culto Eucarístico, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2013.
[CEC II] Cânticos de Entrada e Comunhão, vol. 2, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 1999.
[CN] Cantoral Nacional para Liturgia, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2019..
[CP I] Con. António Ferreira dos Santos - Canto Perene, vol. 1, Secretariado Diocesano de Liturgia, Porto, 2003.
[CP II] Con. António Ferreira dos Santos - Canto Perene, vol. 2, Secretariado Diocesano de Liturgia, Porto, 2003.
[CPD] Canta Povo de Deus, 5ª Edição, Santuário de Fátima, 2008.
[CPM] Pe. José Fernandes da Silva - Cânticos para Missa, Edição do autor.
[CS-TS] Pe. Teodoro Sousa - Conduzi-me, Senhor, Lisboa, 2001.
[CVM] Pe. Miguel Carneiro - É Cristo que vive em mim: Cânticos para o tempo comum, Paulus Editora, Lisboa, 2011.
[ENPL] Guiões dos Encontros Nacionais de Pastoral Litúrgica, Fátima.
[IAC] Pe. Artur Oliveira - In Aeternum Cantabo, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2021.
[IC] A Igreja Canta, 2.ª ed, Comissão Bracarense de Música Sacra, 2005.
[LHC III] Liturgia das Horas: Edição para Canto, vol. 3, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2012.
[LS-C] Livro do Salmista - Ano C, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2021.
[NCT] Novo Cantemos Todos, Editorial Missões, Cucujães,1990.
[NRMS] Nova Revista de Música Sacra, Comissão Bracarense de Música Sacra, Braga.
[OC] Con. Carlos da Silva - Orar Cantando, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2001.
[OC_2] Con. Carlos Silva - Ora Cantando, 2ª edição, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2014.
[OCL] Pró-manuscrito , publicado pelo site O Canto na Liturgia.
[RBP] Pe. Miguel Carneiro - Ressuscitou o Bom Pastor, Paulus Editora, Lisboa, 2007.
[Salicus] Salicus - Revista de Música Litúrgica, Arquidiocese de Braga.
[SC II] Pe. Manuel Simões - Salmos e Cânticos, vol. 2, Instituto Nun’Alvres, Caldas da Saúde, 1971.
[SF] Obras inéditas compostas para o Santuário de Fátima - Santuário de Fátima, -.
[SRAO A] Pe. António Azevedo de Oliveira - Salmos Responsoriais: Ano A, Música Sacra, Braga, 1989.
[SRAO B] Pe. António Azevedo de Oliveira - Salmos Responsoriais: Ano B, Música Sacra, Braga, 1990.
[SRAO C] Pe. António Azevedo de Oliveira - Salmos Responsoriais: Ano C, Música Sacra, Braga, 1991.
[SRF II] Pe. Artur Ribeiro de Oliveira - Salmos Responsoriais Feriais, vol. 2 | Anos Impares, Edição do Autor, 2011.
[SRMC A] Pe. Miguel Carneiro - Eu Vos Louvarei, Senhor: Salmos Responsoriais – Ano A, Paulus Editora, Lisboa, 2008.
[SRMC B] Pe. Miguel Carneiro - Deus fez maravilhas: Salmos Responsoriais – Ano B, Paulus Editora, Lisboa, 2008.
[SRMC C] Pe. Miguel Carneiro - Povo do Senhor, exulta e canta: Salmos Responsoriais – Ano C, Paulus Editora, Lisboa, 2009.
[SRML] Pe. Manuel Luís - Salmos Responsoriais e Aclamações ao Evangelho, Comissão de Liturgia e Música Sacra do Patriarcado de Lisboa, Lisboa, 1997.