Solenidade da Assunção da Virgem Santa Maria - Missa do dia
Antífona de Entrada
Salmo Responsorial
Aclamação ao Evangelho
Apresentação dos dons
Antífona de comunhão
Pós-comunhão
Final
Antífona de Entrada

"Um sinal grandioso apareceu no céu:
uma mulher revestida de sol, com a lua debaixo dos pés
e uma coroa de estrelas na cabeça." 
(Ap 12, 1)

• Apareceu no Céu um sinal – C. Silva (OC, p. 33)
• Apareceu no Céu um sinal – J. Geada (SDLG)
• O povo viu um grande sinal – F. Santos (BML, 17 | CEC II, p. 197)
• Um sinal grandioso – Az. Oliveira (LHC III, p. 71)


"Exultemos de alegria no Senhor, 
ao celebrar este dia de festa em honra da Virgem Maria. 
Na sua Assunção alegram-se os Anjos e cantam louvores ao Filho de Deus."

 

• Exultemos de alegria no Senhor – B. Terreiro

[Outras Sugestões]

• Nos braços do Deus forte – F. Silva (IC, p. 645 | NCT, 291 | NRMS, 45)
• Nós Vos saudamos, Rainha dos Céus – V. Pereira (ELC, p. 9-11)
• Ó incomparável alegria – M. Luís (CAC, p. 534)
• Salve, Mãe Santa – A. Cartageno (IC, p. 169-170 | NRMS, 86)
• Salvé, Mãe Santa – D. Faustino
• Salve, ó Virgem Maria – C. Silva (NCT, 316 | OC, p. 227)
Leitura I

Ap 11, 19a; 12, 1-6a.10ab 
«Uma mulher revestida de sol e com a lua debaixo dos pés» 

Leitura do Apocalipse de São João 
O templo de Deus abriu-se no Céu e a arca da aliança foi vista no seu templo. Apareceu no Céu um sinal grandioso: uma mulher revestida de sol, com a lua debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas na cabeça. Estava para ser mãe e gritava com as dores e ânsias da maternidade. E apareceu no Céu outro sinal: um enorme dragão cor de fogo, com sete cabeças e dez chifres e nas cabeças sete diademas. A cauda arrastava um terço das estrelas do céu 
e lançou-as sobre a terra. O dragão colocou-se diante da mulher que estava para ser mãe, para lhe devorar o filho, logo que nascesse. Ela teve um filho varão, que há-de reger todas as nações com ceptro de ferro. O filho foi levado para junto de Deus e do seu trono e a mulher fugiu para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um lugar. E ouvi uma voz poderosa que clamava no Céu: «Agora chegou a salvação, o poder e a realeza do nosso Deus e o domínio do seu Ungido». 
Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial

Salmo 44 (45), 10.11.12.16 (R. cf. 10b) 

À vossa direita, Senhor, a Rainha do Céu, 
ornada do ouro mais fino. 

Ou: À vossa direita, Senhor, está a Rainha do Céu. 

Ao vosso encontro vêm filhas de reis, 
à vossa direita está a rainha, ornada com ouro de Ofir. 
Ouve, minha filha, vê e presta atenção, 
esquece o teu povo e a casa de teu pai. 

Da tua beleza se enamora o Rei; 
Ele é o teu Senhor, presta-Lhe homenagem. 
Cheias de entusiasmo e alegria, 
entram no palácio do Rei.

• À vossa direita, Senhor – A. Cartageno (SRML, P. 380-381)
• À vossa direita, Senhor – F. Santos (BML, 32 | NCT, 238)
• À vossa direita, Senhor – Az. Oliveira (CSS, c - 230)
• À vossa direita, Senhor – Az. Oliveira (CSS, A - 228; B - 228; C - 228)
• À vossa direita, Senhor – C. Silva (OC, p. 21)
• À vossa direita, Senhor – F. Lapa (Libellus, 6)
• À vossa direita, Senhor – J. Geada (SDLG)
• À vossa direita, Senhor – M. Carneiro (SRMC A, p. 152-153 | SRMC B, p. 154-155 | SRMC C, p. 154-155)
• À vossa direita, Senhor – B. Ferreira (OCL)
• À vossa direita, Senhor – J. Davide Barros
• Bendita sois, ó Virgem Maria – A. Cartageno (SRML, p. 380-381)
Leitura II

1 Cor 15, 20-27 
«Primeiro, Cristo, como primícias; depois os que pertencem a Cristo» 

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios 
Irmãos: Cristo ressuscitou dos mortos, como primícias dos que morreram. Uma vez que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos; porque, do mesmo modo que em Adão todos morreram, assim também em Cristo serão todos restituídos à vida. Cada qual, porém, na sua ordem: primeiro, Cristo, como primícias; a seguir, os que pertencem a Cristo, por ocasião da sua vinda. Depois será o fim, quando Cristo entregar o reino a Deus seu Pai depois de ter aniquilado toda a soberania, autoridade e poder. É necessário que Ele reine, até que tenha posto todos os inimigos debaixo dos seus pés. E o último inimigo a ser aniquilado é a morte, porque Deus tudo colocou debaixo dos seus pés. Mas quando se diz que tudo Lhe está submetido é claro que se exceptua Aquele que Lhe submeteu todas as coisas. 
Palavra do Senhor.

Aclamação ao Evangelho

Maria foi elevada ao Céu: 
alegra-se a multidão dos Anjos

• Aleluia | Maria foi elevada ao céu – F. Santos, A. M. Seiça (EDPLG)
Evangelho

Lc 1, 39-56 
«O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: exaltou os humildes» 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas 
Naqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-s apressadamente para a montanha, em direcção a uma cidade de Judá. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino exultou-lhe no seio. Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz: «Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me é dado que venha ter comigo a Mãe do meu Senhor? Na verdade, logo que chegou aos meus ouvidos a voz da tua saudação, o menino exultou de alegria no meu seio. Bem-aventurada aquela que acreditou no cumprimento de tudo quanto lhe foi dito da parte do Senhor». Maria disse então: «A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque pôs os olhos na humildade da sua serva: de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações. O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: Santo é o seu nome. A sua misericórdia se estende de geração em geração sobre aqueles que O temem. Manifestou o poder do seu braço e dispersou os soberbos. Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes. Aos famintos encheu de bens e aos ricos despediu de mãos vazias. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, como tinha prometido a nossos pais, a Abraão e à sua descendência para sempre». Maria ficou junto de Isabel cerca de três meses e depois regressou a sua casa. 
Palavra da salvação. 
 

Apresentação dos dons
• O Sanctissima – M. Faria, Pop. Italiano (IC, p. 677 | NRMS, 33-34)
• Ave Maria – T. Sousa
• Ave Maria – F. Lapa (Libellus, 4)
• Ave Maria – F. Santos (BML, 155-156 | CCM, p. 185)
• Ave Maria – F. Santos (BML, 63 | CCM, p. 187)
• Ave Maria – J. Domínguez
• Ave Maria – M. S. Santos (CCM, p. 189 | RAM, 1)
• Ave Maria – S. Pinto (OCL)
• Ave Maria – J. A. Nunes (OCL)
• Ave Maria – M. Faria (CJ-NS)
• Ave Maria – E. Amorim (Libellus, 6)
• Ave Maria – M. Silva
• Ave Maria – J. Santos (Libellus, 4)
• Ave Maria – A. Alves
• Ave Maria – E. Amorim (CCM, p. 181)
• Ave Maria – C. Gregroriano
• Avé Maria – P. Bernardino
• Ave Maria – A. Morais
• Bendita sejais pelo nosso Deus – M. Luís (CAC, p. 517)
• Bendita sois, ó Virgem Maria – A. Cartageno (SRML, p. 380-381)
• Bendita sois, Virgem Maria – C. Silva (OC, p. 45 | CN, 246)
• Bendita sois, Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 519-521)
• Ditosa Virgem – J. Santos (IC, p. 651-652 | NRMS, 75)
• Ditosa virgem – João Santos (Libellus, 6)
• Ditosa Virgem – M. Luís (CAC, p. 522-523 | LHC III, p. 443 | CN, 368)
• Ditosa Virgem – A. Frade (CN, 367)
• Em Corpo e alma – F. Valente (Libellus, 6)
• Foi num sono de luz – H. Faria
• Gloriosa Rainha do Mundo – C. Silva (CCM, p. 219 | IC, p. 652-653 | NRMS, 75 | OC, p. 130 | CN, 518)
• Hoje a Virgem Maria, subiu aos céus – M. Luís (CAC, p. 526 | CEC II, p. 198)
• Louvada seja na terra – F. Santos (BML, 75-76 | ENPL, XLIII | IC, p. 667 | NCT, p. 619 | NRMS, 33-34)
• O coro dos anjos canta – N. Queirós (OCL)
• Quae es ista – A. Valente (Libellus, 6)
• Quem é Aquela que surge – M. Luís (CAC, p. 537-538)
• Quem Vos escolheu – M. Valença (IC, p. 682 | NRMS, 37)
• Quem Vos escolheu – Az. Oliveira (NRMS, 141)
• Rainha dos anjos pura – F. Santos (BML, 42 | CCM, p. 232 | NCT, 623 | CN, 852)
• Rainha dos anjos pura – F. Silva (NRMS, 10 )
• Salvé Rainha – M. Luís (CAC, p. 542)
• Tu és a glória de Jerusalém – M. Luís (CAC, p. 547)
Antífona de comunhão

"Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada,
porque o Senhor fez em mim maravilhas." 
(cf. Lc 1, 48-49)

• Todas as gerações me chamarão bem-aventurada – F. Santos (CP III, p. 285 | LHC III, p. 242)
• Todas as gerações me hão-de proclamar ditosa – Az. Oliveira (BML, 72 | CEC II, p. 200-201)
• Todas as gerações me proclamarão – Az. Oliveira (LHC III, p. 146; p. 378)
• Todas as gerações me proclamarão - I – F. Santos (LHC III, p. 145)
• Todas as gerações me proclamarão - II – F. Santos (CP III, p. 412 | LHC III, p. 377)

[Outras Sugestões]

• Alegrai-Vos, ó Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 510-511)
• Bem-aventurada – P. Cruz
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 513-514 | CEC II, p. 194-195 | NCT, 348 | CN, 243)
• É celebrada a vossa glória – F. Santos (BML, 33 | CEC II, 212-214 | NCT, 50 | CN, 962)
• Feliz és tu porque acreditaste – C. Silva (OC, p. 131 | CN, 477)
• Grandes coisas se dizem de Vós – E. Amorim (Libellus, 6)
• Maria, és a árvore da vida – F. Santos (BML, 150 | ENPL, XXIX | CN, 605)
• O Senhor fez em mim maravilhas – J. Gelineau (CN, 732)
• O Senhor fez em mim maravilhas – C. Silva (CN, 731)
• O Senhor olhou – M. Luís (CEC II, p. 198)
Pós-comunhão
• A Virgem Maria foi exaltada – F. Santos (CP III, p. 282-283)
• A Virgem Maria foi exaltada – M. Luís (LHC III, p. 254)
• Bendita por Deus entre todas as mulheres – F. Santos (BML, 57 | NCT, 347)
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 513-514 | CEC II, p. 194-195 | NCT, 348 | CN, 243)
• Bendita sejais – M. Luís (CAC, p. 515)
• Bendita sejais pelo nosso Deus – M. Luís (CAC, p. 517)
• Bendita sois, ó Virgem Maria – A. Cartageno (SRML, p. 380-381)
• Bendita sois, Virgem Maria – C. Silva (OC, p. 45 | CN, 246)
• Bendita sois, Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 519-521)
• Ditosa Virgem – J. Santos (IC, p. 651-652 | NRMS, 75)
• Ditosa virgem – João Santos (Libellus, 6)
• Ditosa Virgem – A. Frade (CN, 367)
• Ditosa Virgem – M. Luís (CAC, p. 522-523 | LHC III, p. 443 | CN, 368)
• Em Corpo e alma – F. Valente (Libellus, 6)
• Foi num sono de luz – H. Faria
• Glória a Ti, Rainha da paz – F. Santos
• Gloriosa Rainha do Mundo – C. Silva (CCM, p. 219 | IC, p. 652-653 | NRMS, 75 | OC, p. 130 | CN, 518)
• Hino a Nossa Senhora da Assunção – M. Faria (CJ-NS, p. 14)
• Hoje a Virgem Maria, subiu aos céus – M. Luís (CAC, p. 526 | CEC II, p. 198)
• Louvada seja na terra – F. Santos (BML, 75-76 | ENPL, XLIII | IC, p. 667 | NCT, p. 619 | NRMS, 33-34)
• Mãe da Santa Igreja – M. Simões (NRMS, 118)
• Magnificat – J. P. Lecót
• Magnificat – B. Terreiro (CSBT | CN, 600)
• Maria, és a árvore da vida – F. Santos (BML, 150 | ENPL, XXIX | CN, 605)
• Mater Ecclesiae – M. Simões (NRMS, 118)
• Mater Ecclesiae – C. Silva (OC_2, p. 177)
• Nós te cantamos – M. Borda (IC, p. 165-166 | NCT, 709 | NRMS, 10)
• Nós te louvamos, ó Maria – M. Luís (CAC, p. 532-533)
• O coro dos anjos canta – N. Queirós (OCL)
• Ó incomparável alegria – M. Luís (CAC, p. 534)
• O Senhor fez em mim maravilhas – J. Gelineau (CN, 732)
• O Senhor olhou – M. Luís (CEC II, p. 198)
• Quem Vos escolheu – M. Valença (IC, p. 682 | NRMS, 37)
• Quem Vos escolheu – Az. Oliveira (NRMS, 141)
• Rainha celestial – F. Santos (NCT, 629)
• Rainha da Graça – Az. Oliveira (IC, p. 634 | NRMS, 75)
• Rainha do Mundo – M. Luís (CAC, p. 539-540)
• Rainha dos anjos pura – F. Silva (NRMS, 10 )
• Rainha dos anjos pura – F. Santos (BML, 42 | CCM, p. 232 | NCT, 623 | CN, 852)
• Salvé Rainha – M. Luís (CAC, p. 542)
• Senhora, nós vos cantamos [Avé Maria] – Ar. Oliveira (ENPL, XLI | CN, 926)
• Tu és a glória de Jerusalém – M. Luís (CAC, p. 547)
Final
• Desde toda a eternidade – M. Carneiro, P. Décha (IC, p. 663 | NRMS, 18 | CN, 349)
• Glória a Ti, Rainha da paz – F. Santos
• Glória da Humanidade – A. Cartageno (IC, p. 664-665 | NRMS, 101)
• Gloriosa Rainha do Mundo – C. Silva (CCM, p. 219 | IC, p. 652-653 | NRMS, 75 | OC, p. 130 | CN, 518)
• Hino a Nossa Senhora da Assunção – M. Faria (CJ-NS, p. 14)
• Magnificat – J. P. Lecót
• Ó incomparável alegria – M. Luís (CAC, p. 534)
• Rainha da Graça – Az. Oliveira (IC, p. 634 | NRMS, 75)
• Rainha dos anjos pura – F. Santos (BML, 42 | CCM, p. 232 | NCT, 623 | CN, 852)
• Rainha dos anjos pura – F. Silva (NRMS, 10 )
• Senhora, nós vos cantamos [Avé Maria] – Ar. Oliveira (ENPL, XLI | CN, 926)
• Tu és a glória de Jerusalém – M. Luís (CAC, p. 547)
[BML] Boletim de Música Litúrgica, Serviço Diocesano de Música Litúrgica, Porto.
[CAC] Pe. Manuel Luís - Cânticos da Assembleia Cristã, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2006.
[CCM] Cânticos para a Celebração do Matrimónio – I e II, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2018.
[CEC II] Cânticos de Entrada e Comunhão, vol. 2, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 1999.
[CJ-NS] Manuel Faria - Cânticos da Juventude, Fascículo I - 7 Cânticos Copulares a Nossa Senhora, Braga, 1947, Edição de Autor.
[CN] Cantoral Nacional para Liturgia, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2019..
[CP III] Con. António Ferreira dos Santos - Canto Perene, vol. 3, Secretariado Diocesano de Liturgia, Porto, 2003.
[CSBT] Pe. Bernardo Terreiro - Cantando ao Senhor da Vida, Lisboa 2001.
[CSS] Pe. António Azevedo de Oliveira - Cantai Salmos ao Senhor - Salmos Responsoriais, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2019..
[EDPLG] Diversos - Guiões do Encontro Diocesano de Pastoral Litúrgica da Guarda, ,.
[ELC] Vitor Pereira (arranjos de José Joaquim Ribeiro) - Esta Luz de Cristo, Cânticos para a Liturgia, Paulinas Editora.
[ENPL] Guiões dos Encontros Nacionais de Pastoral Litúrgica, Fátima.
[IC] A Igreja Canta, 2.ª ed, Comissão Bracarense de Música Sacra, 2005.
[LHC III] Liturgia das Horas: Edição para Canto, vol. 3, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2012.
[Libellus] Libellus - Revista de Música Sacra, Libellus Usualis - Divulgação de Música Sacra.
[NCT] Novo Cantemos Todos, Editorial Missões, Cucujães,1990.
[NRMS] Nova Revista de Música Sacra, Comissão Bracarense de Música Sacra, Braga.
[OC] Con. Carlos da Silva - Orar Cantando, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2001.
[OC_2] Con. Carlos Silva - Ora Cantando, 2ª edição, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2014.
[OCL] Pró-manuscrito , publicado pelo site O Canto na Liturgia.
[RAM] Revista da Academia Martiniana, Coimbra.
[SDLG] Secretariado Diocesano de Liturgia da Guarda, -.
[SRMC A] Pe. Miguel Carneiro - Eu Vos Louvarei, Senhor: Salmos Responsoriais – Ano A, Paulus Editora, Lisboa, 2008.
[SRMC B] Pe. Miguel Carneiro - Deus fez maravilhas: Salmos Responsoriais – Ano B, Paulus Editora, Lisboa, 2008.
[SRMC C] Pe. Miguel Carneiro - Povo do Senhor, exulta e canta: Salmos Responsoriais – Ano C, Paulus Editora, Lisboa, 2009.
[SRML] Pe. Manuel Luís - Salmos Responsoriais e Aclamações ao Evangelho, Comissão de Liturgia e Música Sacra do Patriarcado de Lisboa, Lisboa, 1997.