8 de Setembro | Festa da Natividade da Virgem Santa Maria
Antífona de Entrada
Salmo Responsorial
Apresentação dos Dons
Antífona de Comunhão
Pós Comunhão
Final
Antífona de Entrada

Exultemos de alegria no Senhor,
ao celebrar o nascimento da Virgem Santa Maria,
da qual nasceu o sol da justiça, Cristo nosso Deus.

[Outras Sugestões]

• Ditosa virgem – João Santos (Libellus, 6)
• Ditosa Virgem – A. Frade (CN, 367)
• Ditosa Virgem – J. Santos (IC, p. 651-652 | NRMS, 75)
• Ditosa Virgem – M. Luís (CAC, p. 522-523 | LHC III, p. 443 | CN, 368)
• Santa Maria, Mãe de Deus – C. Silva (OC, p. 262)
Leitura I

Miq 5, 1-4a
«Quando der à luz aquela que há-de ser mãe»

Leitura da Profecia de Miqueias
Eis o que diz o Senhor:
«De ti, Belém-Efratá,
pequena entre as cidades de Judá,
de ti sairá aquele que há-de reinar sobre Israel.
As suas origens remontam aos tempos de outrora,
aos dias mais antigos.
Por isso Deus os abandonará
até à altura em que der à luz
aquela que há-de ser mãe.
Então voltará para os filhos de Israel
o resto dos seus irmãos.
Ele se levantará para apascentar o seu rebanho
pelo poder do Senhor,
pelo nome glorioso do Senhor, seu Deus.
Viver-se-á em segurança,
porque ele será exaltado até aos confins da terra.
Ele será a paz».
Palavra do Senhor.

 

Em vez da leitura precedente, pode utilizar-se a seguinte:

Rom 8, 28-30
«Os que Deus de antemão conheceu, também os predestinou»

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Romanos
Irmãos:
Nós sabemos que Deus concorre em tudo
para o bem daqueles que O amam,
dos que são chamados, segundo o seu desígnio.
Porque os que Ele de antemão conheceu,
também os predestinou
para serem conformes à imagem de seu Filho,
a fim de que Ele seja o Primogénito de muitos irmãos.
E àqueles que predestinou, também os chamou;
àqueles que chamou, também os justificou;
e àqueles que justificou, também os glorificou.
Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial

Salmo 12 (13), 6ab.6cd (R. Is 61,10)


Refrão: Exulto de alegria no Senhor.

Eu confiei na vossa bondade,
o meu coração alegra-se com a vossa salvação.


E cantarei ao Senhor
pelo bem que me fez.

• Exulto de alegria no Senhor - I – Ar. Oliveira (SRF IV)
• Exulto de alegria no Senhor - II – Ar. Oliveira (SRF IV)
• Hei-de alegrar-me – C. Silva (CPD | OC_2, p. 154)
• Hei-de alegrar-me – F. Santos (BML, 42)
Aclamação ao Evangelho

V/ Sois ditosa, ó Virgem Santa Maria,
sois digníssima de todos os louvores,
porque de Vós nasceu o sol da justiça,
Cristo, nosso Deus.

Evangelho

Forma longa | Mt 1, 1-16.18-23


«O que nela se gerou é fruto do Espírito Santo»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
Genealogia de Jesus Cristo,
Filho de David, Filho de Abraão:
Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacob;
Jacob gerou Judá e seus irmãos.
Judá gerou, de Tamar, Farés e Zara;
Farés gerou Esrom; Esrom gerou Arão;
Arão gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson;
Naasson gerou Salmon; Salmon gerou, de Raab, Booz;
Booz gerou, de Rute, Obed; Obed gerou Jessé;
Jessé gerou o rei David.
David, da mulher de Urias, gerou Salomão;
Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias;
Abias gerou Asa; Asa gerou Josafat;
Josafat gerou Jorão; Jorão gerou Ozias;
Ozias gerou Joatão; Joatão gerou Acaz;
Acaz gerou Ezequias; Ezequias gerou Manassés;
Manassés gerou Amon; Amon gerou Josias;
Josias gerou Jeconias e seus irmãos,
ao tempo do desterro de Babilónia.
Depois do desterro de Babilónia,
Jeconias gerou Salatiel;
Salatiel gerou Zorobabel; Zorobabel gerou Abiud;
Abiud gerou Eliacim; Eliacim gerou Azor;
Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim;
Aquim gerou Eliud; Eliud gerou Eleazar;
Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacob;
Jacob gerou José, esposo de Maria,
da qual nasceu Jesus, chamado Cristo.
O nascimento de Jesus deu-se do seguinte modo:
Maria, sua Mãe, noiva de José,
antes de terem vivido em comum,
encontrara-se grávida por virtude do Espírito Santo.                                                               
Mas José, seu esposo,
que era justo e não queria difamá-la,
resolveu repudiá-la em segredo.
Tinha ele assim pensado,
quando lhe apareceu num sonho o Anjo do Senhor,
que lhe disse:
«José, filho de David,
não temas receber Maria, tua esposa,
pois o que nela se gerou é fruto do Espírito Santo.
Ela dará à luz um filho
e tu pôr-Lhe-ás o nome de Jesus,
porque Ele salvará o povo dos seus pecados».
Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor anunciara
por meio do profeta, que diz:
«A Virgem conceberá e dará à luz um Filho,
que será chamado ‘Emanuel’,
que quer dizer ‘Deus connosco’».
Palavra da salvação.

 

Forma breve | Mt 1, 18-23


«O que nela se gerou é fruto do Espírito Santo»


Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
O nascimento de Jesus deu-se do seguinte modo:
Maria, sua Mãe, noiva de José,
antes de terem vivido em comum,
encontrara-se grávida por virtude do Espírito Santo.
Mas José, seu esposo,
que era justo e não queria difamá-la,
resolveu repudiá-la em segredo.
Tinha ele assim pensado,
quando lhe apareceu num sonho o Anjo do Senhor,
que lhe disse:
«José, filho de David,
não temas receber Maria, tua esposa,
pois o que nela se gerou é fruto do Espírito Santo.                                                                    
Ela dará à luz um Filho
e tu pôr-Lhe-ás o nome de Jesus,
porque Ele salvará o povo dos seus pecados».
Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor anunciara
por meio do Profeta, que diz:
«A Virgem conceberá e dará à luz um Filho,
que será chamado ‘Emanuel’,
que quer dizer ‘Deus connosco’». Palavra da salvação.

Apresentação dos Dons
• O Sanctissima – M. Faria, Pop. Italiano (IC, p. 677 | NRMS, 33-34)
• Ditosa virgem – João Santos (Libellus, 6)
• Ditosa Virgem – A. Frade (CN, 367)
• Ditosa Virgem – J. Santos (IC, p. 651-652 | NRMS, 75)
• Ditosa Virgem – M. Luís (CAC, p. 522-523 | LHC III, p. 443 | CN, 368)
• Quem Vos escolheu – Az. Oliveira (NRMS, 141)
• Quem Vos escolheu – M. Valença (IC, p. 682 | NRMS, 37)
• Salvé Estrela do Mar – A. Cartageno (CN, 882)
• Salvé Estrela do Mar – Az. Oliveira (NRMS, 41)
Antífona de Comunhão

A Virgem dará à luz um Filho, que salvará o povo dos seus pecados.
(Is 7, 14; Mt 1, 21)

• A Virgem conceberá – F. Santos (BML, 38, 113-114 | CEC I, p. 27-29 | NCT, 42 | CN, 162)
• A Virgem conceberá – J. Mateus (OCL)
• A Virgem conceberá – M. Carneiro (GD, p. 38-40)
• Eis que uma virgem – B. Sousa (CLMS)

[Outras Sugestões]

• Bem-aventurada – P. Cruz
• Bendita por Deus entre todas as mulheres – F. Santos (BML, 57 | NCT, 347)
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 513-514 | CEC II, p. 194-195 | NCT, 348 | CN, 243)
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Geada (SDLG)
• É celebrada a vossa glória – F. Santos (BML, 33 | CEC II, 212-214 | NCT, 50 | CN, 962)
• Feliz és tu porque acreditaste – C. Silva (OC, p. 131 | CN, 477)
Pós Comunhão
• Bendita por Deus entre todas as mulheres – F. Santos (BML, 57 | NCT, 347)
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Luís (CAC, p. 513-514 | CEC II, p. 194-195 | NCT, 348 | CN, 243)
• Bendita seja a Virgem Maria – M. Geada (SDLG)
• Ditosa virgem – João Santos (Libellus, 6)
• Ditosa Virgem – M. Luís (CAC, p. 522-523 | LHC III, p. 443 | CN, 368)
• Ditosa Virgem – A. Frade (CN, 367)
• Ditosa Virgem – J. Santos (IC, p. 651-652 | NRMS, 75)
• Feliz és tu porque acreditaste – C. Silva (OC, p. 131 | CN, 477)
• Quem Vos escolheu – M. Valença (IC, p. 682 | NRMS, 37)
• Quem Vos escolheu – Az. Oliveira (NRMS, 141)
• Salvé Estrela do Mar – A. Cartageno (CN, 882)
• Salvé Estrela do Mar – Az. Oliveira (NRMS, 41)
• Todas as gerações me chamarão bem-aventurada – F. Santos (CP III, p. 285 | LHC III, p. 242)
• Todas as gerações me hão-de proclamar ditosa – Az. Oliveira (BML, 72 | CEC II, p. 200-201)
• Todas as gerações me proclamarão – Az. Oliveira (LHC III, p. 146; p. 378)
• Todas as gerações me proclamarão - I – F. Santos (LHC III, p. 145)
• Todas as gerações me proclamarão - II – F. Santos (CP III, p. 412 | LHC III, p. 377)
• Tu és a glória de Jerusalém – M. Luís (CAC, p. 547)
Final
• Ave Mundi Gloria – A. Cartageno (AMG, 5)
• Desde toda a eternidade – M. Carneiro, P. Décha (IC, p. 663 | NRMS, 18 | CN, 349)
• Glória da Humanidade – A. Cartageno (IC, p. 664-665 | NRMS, 101)
• Tu és a glória de Jerusalém – M. Luís (CAC, p. 547)
[AMG] Pe. António Cartageno - Ave Mundi Gloria - Cânticos Marianos, Paulus Editora, Lisboa, 2009.
[BML] Boletim de Música Litúrgica, Serviço Diocesano de Música Litúrgica, Porto.
[CAC] Pe. Manuel Luís - Cânticos da Assembleia Cristã, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2006.
[CEC I] Cânticos de Entrada e Comunhão, vol. 1, 3.ª ed, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2007.
[CEC II] Cânticos de Entrada e Comunhão, vol. 2, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 1999.
[CLMS] D. Celestino Borges de Sousa - Cânticos Litúrgicos, Mosteiro de Singeverga.
[CN] Cantoral Nacional para Liturgia, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2019..
[CP III] Con. António Ferreira dos Santos - Canto Perene, vol. 3, Secretariado Diocesano de Liturgia, Porto, 2003.
[CPD] Canta Povo de Deus, 5ª Edição, Santuário de Fátima, 2008.
[GD] Pe. Miguel Carneiro - Glória a Deus, Paulus Editora, Lisboa, 2006.
[IC] A Igreja Canta, 2.ª ed, Comissão Bracarense de Música Sacra, 2005.
[LHC III] Liturgia das Horas: Edição para Canto, vol. 3, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2012.
[Libellus] Libellus - Revista de Música Sacra, Libellus Usualis - Divulgação de Música Sacra.
[NCT] Novo Cantemos Todos, Editorial Missões, Cucujães,1990.
[NRMS] Nova Revista de Música Sacra, Comissão Bracarense de Música Sacra, Braga.
[OC] Con. Carlos da Silva - Orar Cantando, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2001.
[OC_2] Con. Carlos Silva - Ora Cantando, 2ª edição, Secretariado Nacional de Liturgia, Fátima, 2014.
[OCL] Pró-manuscrito , publicado pelo site O Canto na Liturgia.
[SDLG] Secretariado Diocesano de Liturgia da Guarda, -.
[SRF IV] Pe. Artur Ribeiro de Oliveira - Salmos Responsoriais Feriais, vol. 4 | Santoral, Comuns e V. S. Maria, Edição de Autor, 2013.